Autoeuropa diz que não existe proposta para produzir peças na unidade da Opel da Azambuja

Publicado em .

 A Autoeuropa afirmou hoje não existir qualquer proposta para a produção de peças para a unidade da Opel da Azambuja, através de declarações do seu porta-voz.

 

 A Autoeuropa afirmou hoje não existir qualquer proposta para a produção de peças para a unidade da Opel da Azambuja, através de declarações do seu porta-voz.

 «Não há nenhuma proposta da Volkswagen Autoeuropa para produzir peças para a Opel Azambuja», disse à agência Lusa o porta-voz da empresa. «Vamos precisar da capacidade instalada na nave de prensas para os novos projectos da Autoeuropa», explicou o mesmo responsável.

 Trabalhadores da Autoeuropa propuseram hoje que parte do Combo, o modelo da Opel que a General Motors quer transferir para Saragoça, fosse fabricado nas prensas da fábrica de Setúbal, reduzindo custos de produção da unidade da GM na Azambuja.

 A «ideia» dos elementos das comissões de trabalhadores e sindical da Autoeuropa foi apresentada pelo coordenador da comissão de trabalhadores da Opel, Paulo Vicente, ao presidente da Câmara Municipal da Azambuja, no final de uma manifestação dos mais de mil trabalhadores da fábrica da GM, que hoje de manhã percorreram a pé, os mais de três quilómetros que separam a fábrica da Vila.

 Este artigo encontra-se em : www.negocios.pt